Printer-friendly version
Glossário em EAD


Browse the glossary using this index

Special | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O
P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | ALL

M

:
(Multipoint Control Unit) - Uma unidade de controle multiponto composta por MC e MP.
:
Sigla para "Moving Picture Experts Group" que estabelece normas para compressão
(compression) e armazenamento de vídeo.
:
Ferramenta para desenvolvimento de animações, componentes e páginas para SITES na internet.
:
do grego, parto das idéias, do Filósofo Sócrates (480 AC – 399 AC) quando da caracterização de sua sistemática dialógica, cujo princípio fundante consistia na afirmação de que todo homem possui, em si, o conhecimento de todas as coisas, necessitando apenas de questões adequadas que o façam refletir e buscar respostas.
:
é uma forma de organização de endereços, físicos ou eletrônicos, de pessoas físicas ou jurídicas com as quais a instituição pode precisar contatos. Quanto melhor classificada (por ex: lista de consultores, de dirigentes de escolas superiores, de autoridades ligadas à educação, ...) maior sua contribuição à eficiência institucional.
:
Margem).Propriedade que define a margem dos elementos no HTML.
:
Termo freqüentemente utilizado para denominar o amadurecimento das funções biológicas, o alcance da prontidão.
:
(Multicast Backbone) - Consiste de uma rede de túneis ligados a ilhas de sub-redes com capacidades de multicasting ao redor do mundo.
:
São sites que realizam consulta ao conteúdo da Internet, que não possuem um banco de dados próprio. Seus resultados são gerados através do envio da consulta feita pelo usuário a diversos sites. Os resultados retornados são então consolidados pelo site de metabusca, eliminando duplicidades e gerando um relatório para o usuário. Como cada mecanismo de busca possui uma sintaxe ligeiramente diferente para a submissão de perguntas, os melhores mecanismos de metabusca são aqueles que conseguem enviar as perguntas de forma a se aproveitarem da melhor forma possível a potencialidade dos buscadores.
:
São sites que oferecem serviços de consulta ao conteúdo da web. Estes serviços empregam programas de computador, denominados spiders, que navegam pela Internet, de site em site, capturando páginas, transferindo-as para um computador central, e fazendo sua indexação.
:
Mensagem enviada ou recebida na educação a distância podendo se transformar em material didático.
:
Maneira de ordenar a ação segundo certos princípios, ordem seguida na investigação, modo de agir com disciplina técnica e organização.
:
Editor de textos da Microsoft.
:
O formato mais comum para fitas de vídeo digital.
:
Formato de vídeo, baseado no padrão MPEG 2, usado para gravar em um CD comum o conteúdo de um DVD.
:
Coordenador(a) de encontro em educação a distância, o moderador é a pessoa que orienta e controla as teleconferências.
:
Força interior que determina a direção do comportamento para alvos apropriados à sua satisfação. As motivações podem ser de origem interna ou externa, provocadas por outros ou pela própria pessoa. No processo de ensino a motivação é uma poderosa arma do professor no despertar do interesse dos alunos por sua disciplina.
:
Navegador para WEB de código aberto derivado do Netscape.
:
É uma técnica de transmissão de pacotes utilizando endereços Multicast para economia de largura de banda.
:
Meios múltiplos utilizados em combinação para apresentar uma mensagem.
:
Base de dados, pode ser acessado com o PHP ou perl para inserir e verificar dados.
:
São assim denominados materiais físicos utilizados para armazenar dados e também os veículos ou meios utilizados na comunicação e na divulgação publicitária.
:
São técnicas suficientemente gerais para se tornarem comuns a todas as ciências ou a uma significativa parte delas. Latim — methodus, do grego — méthodos, de meta, objetivo, finalidade.
:
É essencialmente um rodízio de fatos a hipóteses, a leis, a teorias, e de volta a fatos como bases para o teste e refinamento de hipóteses mais adequadas.
:
É errôneo pensar que existe um só método científico. Há muitos e variados métodos. Métodos científicos mudam com a descoberta de novos instrumentos de observação, novas técnicas de experimentação e com novos instrumentos, tal como o cálculo. Métodos científicos diferem de uma ciência para outra. Todavia, há alguns princípios que são comuns a todas as ciências.
:
Um diretório específico (ou mini-árvore de diretórios) no repositório central. Os módulos são definidos no arquivo de módulos do CVS