Versão para impressão
Glossário em EAD


Navegar usando este índice

Especial | A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O
P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z | Todos

H

:
(Handheld Device Markup Language) - Linguagem derivada do html.
:
Cabeça-cabeçalho. Marca o cabeçalho de uma página HTML.
:
Sistema numérico com 16 dígitos, utilizado na computação, para representar valores como endereços de memórias e códigos de cor.
:
Escondido/Invisivel. Propriedade de elementos no HTML.
:
Qualidade de quem pode fazer algo autonomamente, estando sempre associada a uma ação física ou mental. Capacidade intelectual, aptidão específica e talento especial para a realização de um exercício, ofício ou ministério. Refere-se a tudo aquilo que o aluno deve aprender a fazer desenvolvendo suas capacidades intelectuais, afetivas, psíquicas e motoras. Por exemplo: capacidade de organizar seu próprio estudo; capacidade de avaliar seu próprio trabalho e trabalhos de outros; capacidade de formular uma hipótese, realizar uma pesquisa; capacidade de coletar, organizar informações; capacidade de utilizar seus sentidos conforme a necessidade; domínio e utilização de seus movimentos e de sua ação motora; etc.
:
Opção dentro do ensino aberto para que o docente habilite a disciplina aos alunos disponibilizando o ambiente virtual.
:
Componentes físicos de um sistema computacional.
:
Ambiente de informações apresentadas por meios múltiplos (multimedia) e organizados em forma de rede capaz de ser navegada pelo usuário, como se fosse um hipertexto (hypertext).
:
Texto com ligações para outros documentos.
:
Uma hipótese é uma declaração de crença relativa a um fenômeno, fato ou relacionamento entre várias variáveis. Uma hipótese deve sempre ser testada contra fatos antes de ser aceita ou rejeitada. Características: são formuladas de maneira declarativa; devem descrever um relacionamento entre duas ou mais variáveis; devem ser testáveis; devem ser operacionais, no sentido de que não deve haver ambigüidade nas variáveis ou relacionamentos propostos; devem refletir uma preocupação com um problema, baseada em algum conhecimento, pesquisa anterior, ou necessidades identificadas. As hipóteses podem ser úteis para: explicar novos relacionamentos; estimular novas pesquisas; servir como fontes metodológicas; avaliar técnicas de pesquisa; levar a novos princípios.
:
Termo criado para designar página (hiperdocumento HTML) que o browser utiliza quando é inicializado.
:
Computador em uma rede, funciona como repositório para serviços disponíveis a computadores na rede.
:
(Software) Oferece ferramentas para o desenvolvimento de exercícios em ambiente educacional virtual com cursos oferecidos a distância.
:
(Hyper text Markup Language) – Software destinado ao desenvolvimento de hiperdocumentos disponíveis na WWW.
:
Protocolo de comunicação de dados, possibilita a transferência de hiperdocumentos na WWW.